Como a prefeitura de Camaçari promove o aperfeiçoamento da gestão fiscal

Created with Sketch.

Como a prefeitura de Camaçari promove o aperfeiçoamento da gestão fiscal

Como a prefeitura de Camaçari promove o aperfeiçoamento da gestão fiscal

Já apresentamos aqui no blog os exemplos de Rio Branco, no Acre, e Porto Velho, em Rondônia que implantaram soluções fornecidas pelo CIGA para aperfeiçoar a gestão fiscal e tributária. Hoje vamos relatar a história de Camaçari, no interior da Bahia. O município implantou softwares para analisar os dados declarados pelas empresas à Receita Federal.

Conheça a promissora Camaçari

Camaçari é o município com o maior Produto Interno Bruto (PIB) industrial do nordeste e responde sozinho por 35% das exportações da Bahia. Sede do maior complexo industrial integrado do Hemisfério Sul, a cidade abriga a única montadora de veículos do Norte e do Nordeste do país, a Ford, além de empreendimentos como: Braskem, Bridgestone e Firestone.

Embora o cenário seja promissor para Camaçari, o município identificou a necessidade de aumentar o controle da gestão fiscal. O G-Simples foi uma das ferramenta escolhidas para dar mais agilidade aos processos, simplificar o fisco municipal e controlar a arrecadação, minimizando a inadimplência e os indícios de sonegação fiscal. O G-Nota é outra solução que também favorece a inteligência fiscal do município.

Portal da Transparência do Município

O auditor fiscal da Prefeitura de Camaçari, Mário Pascoal Hasselmann, explica que o município está em constante busca de aperfeiçoamento e a responsabilidade fiscal é uma das preocupações da gestão. Inclusive, a cidade criou um Portal da Transparência do Município de Camaçari, a fim de divulgar dados e informações referentes aos atos administrativos da gestão fiscal do município.

Perspectivas para a gestão fiscal e tributária

A preocupação com a execução orçamentária e arrecadação municipal fazem com que Camaçari esteja sempre em busca de soluções para o aperfeiçoamento da gestão. Foi assim que os gestores chegaram às soluções fornecidas pelo CIGA. Neste primeiro momento o município está confrontando as informações recebidas para identificar divergências. Inicialmente o objetivo é aperfeiçoar os meios de fiscalização, o passo seguinte deve ser notificar as irregularidades e com a execução fiscal aumentar a arrecadação.

 

Foto: Shutterstock

 

Os comentários estão fechados.