Inova Simples: o que é e quais suas vantagens para as empresas

Created with Sketch.

Inova Simples: o que é e quais suas vantagens para as empresas

Não basta uma ideia criativa ou uma solução inovadora de mercado. Na hora hora de colocar um startup em ação é preciso ficar atento à formalização do negócio.


E o melhor caminho para isso é o Inova Simples, um processo simplificado de formalização do negócio que concede às iniciativas empresariais de caráter incremental ou disruptivo que se autodeclaram como empresas de inovação tratamento diferenciado.

O objetivo dessa facilidade possível por causa da Lei Complementar 167/2019 é estimular sua criação, formalização, desenvolvimento e consolidação como agentes indutores de avanços tecnológicos e da geração de emprego e renda. E entre as principais vantagens do Inova Simples estão: 

1.Baixo risco 

Não é necessária a aprovação dos órgãos de fiscalização para que a empresa possa operar. Mas atenção: para os casos que não estejam conforme essa autodeclaração a empresa pode ser multada ou até interditada.

2. Automatização e atendimento on-line

Sem burocracia e mais rapidez, no regime do Inova Simples a abertura do CNPJ especial poderá ser feita totalmente on-line através do portal da Redesim.

3. Mais liberdade para escolha da sede

Com as empresas funcionando cada vez mais no formato remoto, o regime do Inova Simples amplia as possibilidades, permitindo que a sede seja de natureza comercial ou residencial. Além disso, aproximando-se da prática do mercado, a lei permite que a sede seja um parque tecnológico, uma instituição de ensino, uma empresa júnior, uma incubadora ou aceleradora ou um espaço de coworking.

4. Incentivo e formalização às parcerias

Caso as empresas recebam apoio ou validação de alguma universidade pública ou privada ou ainda de centros de inovação, incubadoras ou aceleradoras, elas podem fazer essa declaração no momento do cadastro na Redesim. Essa previsão cria um sistema de reconhecimento formal dos apoiadores das startups e pode ser um fator de geração de maior credibilidade na hora de chamar a atenção de investimentos  para o negócio.

5. Baixa do CNPJ

Para aqueles casos em que a startup opte por encerrar suas atividades no mercado, a baixa do CNPJ se dará de forma automática através de autodeclaração no portal da Redesim. Mais atenção: uma vez aberto o CNPJ da empresa, é obrigatória a criação de uma conta bancária de pessoa jurídica para captação e integralização de capital do próprio empreendedor, de linhas de crédito ou de investidores.

O Inova Simples é um instrumento para fomento e incentivo à criação de novos negócios. Além disso, ao estimular o surgimento de startups, movimenta a economia local e do próprio país. Por isso, a importância das prefeituras estimularem o fortalecimento dos mercados de startups e o próprio ambiente local de inovação. 

Quer saber mais sobre esse sistema? Acesse o link http://www.redesim.gov.br. Lá você vai encontrar mais informações e já poderá fazer seu cadastro.