Cidades catarinenses têm o menor tempo de abertura de empresa no país

Created with Sketch.

Cidades catarinenses têm o menor tempo de abertura de empresa no país

Santa Catarina vem se destacando positivamente quando o assunto é o tempo de abertura de novas empresas. A cidade de Mafra, que fica no planalto norte do estado, foi a recordista no país. Por lá a prefeitura consegue deliberar em apenas 4 horas e 4 minutos (em média) para aprovar a criação de um novo CNPJ ou alguma alteração em uma empresa já existente. Os dados foram publicados no último dia 9 de fevereiro pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, vinculada ao Ministério da Economia.

E este resultado não é à toa. Mafra conta com o CIGA CIM para fazer a integração das informações da REDESIM, rede de sistemas informatizados necessários para registrar e legalizar empresas e negócios, com os cadastros municipais. Além do CIGA CIM, Mafra também utiliza o CIGA Simples e o CIGA Diário.

Com o sistema do Consórcio de Inovação na Gestão Pública (CIGA), o município consegue deliberar rapidamente com órgãos das esferas estadual e federal. O fluxo de informações que passa pelo CIGA CIM também é integrado à Junta Comercial do Estado de Santa Catarina, simplificando bastante o processo.

Segundo colocado

Outra cidade que se destacou no ranking publicado pelo Mapa de Empresas da Secretaria de Desburocratização foi São José, na grande Florianópolis. A cidade ficou com um tempo médio de 4 horas e 18 minutos, bem perto da primeira colocada.

São José utiliza os sistemas CIGA Colector, que faz a integração de dados municipais entre sistemas; CIGA Simples, que analisa os dados das empresas enquadradas no Simples Nacional, emitindo relatórios com dados consolidados pela Receita Federal; CIGA SINFAT, que gerencia os pedidos licenciamento ambiental de responsabilidade do município, em parceria com FECAM, EGEM, FATMA e MPSC.